Read A Estrela de Gonçalo Enes by Rosa Lobato de Faria Online

a-estrela-de-gonalo-enes

Trata-se de uma obra leve e descontraída sobre a vida e aventuras de dois personagens quase esquecidos da História de Portugal, mais especificamente da Época das Descobertas. São personagens reais se bem que quase todo o enredo seja ficcionado.Gonçalo Enes ficou na História pela descoberta das grutas de Tassili N’Ajjer.Trata-se de um jovem órfão de pai, nascido e criado naTrata-se de uma obra leve e descontraída sobre a vida e aventuras de dois personagens quase esquecidos da História de Portugal, mais especificamente da Época das Descobertas. São personagens reais se bem que quase todo o enredo seja ficcionado.Gonçalo Enes ficou na História pela descoberta das grutas de Tassili N’Ajjer.Trata-se de um jovem órfão de pai, nascido e criado na aldeia algarvia de Bensafrim.Encantado pela estrela Sirius, que o ilumina e encanta durante toda a vida, o jovem Gonçalo, desiludido por um amor impossível, abre o seu destino às incríveis aventuras do Império que El-rei D. Afonso sonhava construir.Pelas aldeias indígenas de África, pelas cidades encantadas de Marrocos, pelas areias misteriosas do deserto, Gonçalo leva consigo o espírito de aventura e coragem que transformou este pequeno país num mundo inteiro de esperança e riqueza.Fica, desta "estória", o encanto de um tempo ido, em que a pobreza se enganava com grandes sonhos, do tamanho do Império. Um livro belo e fresco, descontraído, sem ambições mas que encanta pela extraordinária simplicidade e singeleza da escrita de Rosa Lobato Faria.Gonçalo, mal-amado e desprezado, vive no sonho, mas um sonho que o faz feliz. A amizade, a camaradagem, a fidelidade ao sonho são valores que fazem dele um herói, mesmo que esquecido pela História, como tantos outros que, anonimamente, construíram as páginas mais brilhantes da nossa história....

Title : A Estrela de Gonçalo Enes
Author :
Rating :
ISBN : 9789895522804
Format Type : Paperback
Number of Pages : 219 Pages
Status : Available For Download
Last checked : 21 Minutes ago!

A Estrela de Gonçalo Enes Reviews

  • Adelaide Silva
    2018-11-29 05:49

    Mais do que um relato da história desconhecida dos amores de Gonçalo Eanes, este livro é um jogo de palavras que tão bem Rosa Lobato Faria sabia fazer

  • syrin
    2018-11-19 09:50

    Nunca tinha lido nada da Rosa Lobato de Faria, mas confesso que este "A estrela de Gonçalo Enes" também não me fez ficar com grande vontade de pegar noutros livros dela. Mais do que uma "ficcionalização" da vida de uma personagem da história de Portugal, Gonçalo Enes, esta é uma história de um homem que não consegue casar com a sua amada e que por isso parte para outros continentes para dormir com todas as mulheres que lhe aparecem à frente, enquanto a pobre da mulher amada é forçada a viver o resto da sua vida em agonia. A estrela que dá o título ao livro pouca influência tem na história das personagens tirando algumas menções espontâneas, e nem as tais grutas de Tassili N’Ajjer se revelaram interessantes. É, no fundo, uma história banal e, sinceramente, desinteressante.

  • Natacha Martins
    2018-12-05 06:49

    Gosto de Rosa Lobato de Faria, já o disse mas, também já o disse que os primeiros livros que escreveu são aqueles que mais me encantam. As suas últimas obras têm-me deixado sempre com a sensação de que falta alguma coisa e de que não é aquela a Rosa Lobato de Faria que encontro em obras como "O Prenúncio das Águas", "O Sétimo Véu", "A Trança de Inês" e "Os Pássaros de Seda". Não sei o que mudou, se eu se a escrita dela mas, qualquer que seja a razão, a estranheza que sinto nos últimos livros dela é algo do qual não me consigo abstrair. "A Estrela de Gonçalo Enes" foi escrito em 2007 e, portanto acabou por ser um dos que me deixou desconfortável, a procurar durante a leitura algo que me lembrasse porque gosto de ler Rosa Lobato de Faria..."A Estrela de Gonçalo Enes" tem como personagem central, Gonçalo Enes, uma figura importante da história portuguesa, que viveu na época dos descobrimentos. Gonçalo Enes nasceu e cresceu em Bensafrim, criado pela mãe, viúva com quem mantinha uma relação muito cúmplice. Um dia apaixona-se pela rapariga mais bonita da aldeia, Balbina, e esta corresponde aos sentimentos do rapaz. Começam a namorar, às escondidas, pois o pai de Balbina não é para brincadeiras. E é às escondidas que se amam, nos campos de Bensafrim, livremente, descobrindo-se mutuamente, entregado-se de forma irreversível. Nasce entre eles um amor que durará a vida toda, sem nunca esmorecer.Quando o pai de Balbina se apercebe de que andará mouro na costa a sondar a sua menina, decide apressar o casamento desta com Barnabé, a quem havia prometido a menina quando esta era ainda uma criança. Contrariada e sem coragem para enfrentar o pai, Balbina casa-se com Barnabé e Gonçalo, destroçado, parte à aventura, pelos mares fora a descobrir o mundo.A partir daqui viajamos com Gonçalo Enes e, mais tarde, Pero de Évora, por África, onde este dois vivem aventuras atrás de aventuras, acabando por descobrir as grutas de Tassili N’Ajjer, na Argélia, conhecidas pela sua importância arqueológica.E basicamente é isto, Gonçalo Enes anda pelo mundo a divertir-se, não esquecendo nunca a sua amada e Balbina vive amargurada presa a um casamento que não desejou junto a um homem que não ama e a quem não consegue dar um filho.A história acaba por ser contada de uma forma muito simplista, sem aprofundar nada em particular, excepção feitas às inúmeras descrições dos encontros sexuais que Gonçalo Enes tem ao longo da sua vida... Rosa Lobato de Faria abusou neste livro, fiquei com a impressão de que todo o livro gira à volta do sexo e que tudo o resto é secundário.Sexo à parte, o livro tem momentos em que é possível reencontrar algum do encanto presente nos seus primeiros livros, com as descrições simples mas bonitas e cheias de significado e com personagens fortes com quem nos conseguimos identificar, no entanto esse momentos não estão em maioria.Não posso dizer que não gostei mas é, sinceramente e por muito que me custe dizê-lo, um livro que não me ficará na memória por muito tempo porque, na realidade, não trouxe nada de significativo ao mundo da literatura. Recomendo porque é da Rosa Lobato de Faria e porque sei que muita gente não partilha deste meu desencanto com as obras mais recentes da escritora falecida em 2010.Boas leituras!

  • Ana Dias
    2018-12-06 06:44

    Um tiro ao lado.Não estava de todo à espera de um livro amoroso, diria até erótico, mas sim de um romance histórico satisfatório. Ao início, fiquei um pouco surpresa, depois habituei-me, mas ainda assim andei a ler umas quantas páginas freneticamente para perceber se valia a pena ler até ao fim. Deixei-o em stand-by. Voltei-lhe a pegar e foi até ao fim de um só fôlego. Em traços gerais, o final compensou, em certa medida, a rudeza do resto do livro, porque demonstrou um amor forte, vivo e fiel, sem a sede física que parecia ser o apenas estava presente.Ainda assim, estou com curiosidade em visitar o convento de Tarouca onde está o relato da vida de Gonçalo Enes, segundo a nota final.Foi a primeira obra que li de Rosa Lobato de Faria e quer me parecer que não vou repetir, pelo menos se for a enveredar pela história.

  • Andreia
    2018-12-09 03:58

    Nunca tinha lido nada da autora e fiquei surpreendida. A história tem quase tantas reviravoltas quantos os locais onde os portugueses aportaram na epopeia dos Descobrimentos.É impossível não gostar da sageza do protagonista Gonçalo Enes sempre pronto a enfrentar as mais diversas situações com a sua terra natal e a sua amada no coração. Achei muito divertidas as peripécias com o seu fiel amigo Pero de Évora por terras africanas quando se disfarçam de outras vidas e de outras pessoas.Outro livro em a história se entrelaça com momentos históricos e estes de bastante importância no nosso património enquanto portugueses, mesmo que o enredo seja na sua maioria ficcionado.

  • Isaura Pereira
    2018-11-23 11:53

    Um livro descontraído e leve, mas que não me encheu as medidas. Quero ler mais livros da autora. Gostei da escrita. Opinião completa no blogue - http://jardimdemilhistorias.blogspot....

  • N_alex
    2018-12-02 07:57

    É o segundo livro que leio desta autora e só posso dizer coisas boas. Uma escrita com o seu quê de poética que faz com que o meu ritmo de leitura aumente e que me consegue fazer apreciar grandemente a história.

  • Sara Freitas
    2018-12-17 03:35

    I want this book

  • César Lasso
    2018-12-13 06:56

    Não me impressionou. Achei uma obrinha menor, mas deu para passar um bom bocado.